quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Quem pode dizer que nunca precisou de uma gota?



Para si, para um membro da sua família ou mesmo para um dos seus amigos, quem pode dizer que nunca precisou de uma gota de sangue? 

Dar sangue é um acto voluntário e benévolo que representa a única forma de proporcionar aos que necessitam o conforto de saber que podem contar com a solidariedade de todos.” http://darsangue.pt/index.php

No entanto nem todos podem dar sangue! Nem sempre aqueles que gostariam de o fazer possuem as condições exigidas. Eu não posso dar sangue!

Com muita pena minha, pois se para mim nunca precisei, já houve entes queridos, e muito próximos, que necessitaram e para os quais não pude contribuir. Hoje deparei-me com um posto de colheita e, mais uma vez, estive tentada a entrar. A voluntariar-me a dar aquilo que me é vedado doar. Sei que o aceitariam. Que o recolheriam, até porque num posto de colheita o mais certo é não terem todos os meios que permitam saber quem são ou em que condições estão os dadores…

Sei que o recolheriam. Mas também sei que depois seriam obrigados a rejeitá-lo! Por isso não me aproximei…

Com muita pena minha não posso contribuir para algo que é tão simples para quem dá e tão importante para quem recebe!

DAR SANGUE

Algo que ainda assusta muitas pessoas. Talvez por medo de agulhas. Talvez por preconceito. Talvez por desconhecimento. 

Os postos de recolha de sangue têm vindo a diminuir. Hospitais que tinham os seus próprios bancos de sangue foram-nos vendo extinguirem-se por questões burocráticas. Se por um lado a necessidade é cada vez maior, por outro é cada dia mais complicado para um dador saber onde se dirigir para proceder a uma dádiva. Em Lisboa podem sempre dirigir-se ao Hospital de São José, de D. Estefânia, ao IPO, ou ao próprio Instituto Português de Sangue. Fora isso só os postos móveis que vão circulando pela cidade. 

Por outro lado é importante que prevaleça a consciência de que um pequeno gesto pode salvar uma vida. Não custa nada… e pode trazer inúmeros benefícios…


Adelina Antunes

09-jan-2012

Sem comentários:

Enviar um comentário