domingo, 3 de março de 2013

Por vezes devemos parar...

Por vezes passamos pela vida sem sequer darmos por ela e um dia, quando nos apercebemos, olhamos para trás e choramos!

Por vezes devemos parar para pensar. Conhecer a vida. Conhecermo-nos a nós próprios. Conhecer o amor.

Por vezes devemos olhar para o lado e ver quem nos acompanha. Quem, nos momentos bons ou nos menos agradáveis, está ali. Só pelo prazer de estar. Apenas para nos acompanhar.

Por vezes esquecemo-nos de que não temos que estar sós. Que, se lhes dermos oportunidade, teremos amigos ao nosso lado…
Por vezes esses amigos podem não estar presentes. Podem, também eles, precisar de quem lhes dê atenção.
Por vezes esquecemos que podem também precisar de nós. E que, nessas alturas, devemos estar presentes.
Por vezes somos egoistas e só pensamos em nós! No que queremos. No que precisamos. No que gostamos. No que fazem ou não fazem por nós.
Por vezes magoamos. Pelo simples facto de que, fechados no nosso pequeno mundo, envoltos nos nossos próprios problemas, não vemos o amigo que ao nosso lado sofre. Precisa de ajuda. Espera por nós... 
Por vezes...
Adelina Antunes

Sem comentários:

Enviar um comentário