terça-feira, 10 de setembro de 2013

Regresso às aulas



Setembro chegou e com ele o regresso às aulas! 
Milhares de alunos iniciam um novo ano escolar. 
Milhares de pais desesperam para conseguir adquirir os livros obrigatórios.
Os manuais adotados e a sua rotatividade leva a que livros adquiridos para o filho mais velho não sirvam para o mais novo. Na maioria dos casos estes estão em perfeitas condições de reutilização mas, a não ser que haja outras crianças na família, são inutilizados. 
Começam a surgir pontos de recolha e reutilização de manuais. 
Sinais da crise? 
Uma ideia louvável! 
No entanto, sendo a escolaridade obrigatória deveria ser o governo a tomar medidas para que cada aluno tivesse acesso aos livros necessários à sua educação! 
A criação de uma bolsa, a nível estatal, a funcionar nas escolas e que mediante uma caução pré definida, permitisse a cada aluno no início do ano escolar levantar os livros necessários à sua formação. 
No final e contra a restituição dos livros em bom estado de conservação, esta ser-lhe-ia devolvida. Caso contrário, se os livros estivessem danificados, serviria para aquisição de novos exemplares. Lucravam as famílias e os jovens adquiriam sentido de responsabilidade!

AA
06-09-2012
(Destak 14-09-2012)

Sem comentários:

Enviar um comentário